Systêxtil News da Semana – 30/11/16
30 de novembro de 2016
Systêxtil News da Semana – #37
6 de dezembro de 2016
Exibir tudo

Vamos falar de nuvem

Fale com quem entende #falecomquementende Systextil

Vamos falar de cloud computing, a tecnologia da nuvem?

No último artigo da série do #falecomquementende nosso especialista fala sobre cloud computing e as vantagens de utilizar esta tecnologia para reduzir custos e melhorar o gerenciamento da sua empresa. Confira.

Cloud Computing é um modelo que permite de forma conveniente, o acesso à rede sob demanda para um conjunto compartilhado de recursos de computação configuráveis (por exemplo, redes, servidores, armazenamento, aplicativos e serviços) que podem ser rapidamente provisionados e lançados com o mínimo de esforço de gestão ou a interação de um prestador de serviços.

National Institute of Standards and Technology

Computação em nuvem

A expressão nuvem ou cloud computing é no momento um dos principais assuntos nas áreas de TI das empresas. A computação em nuvem ganha força desde 2008 e refere-se principalmente a noção de utilizarmos as aplicações em qualquer lugar, independente de plataforma, por meio da internet, como se estivesse instalada em computadores locais.

 

Estamos habituados a guardar arquivos e aplicações em nossos próprios computadores ou dispositivos. Em ambientes corporativos é comum empresas utilizarem aplicações em servidores que podem ser acessadas por qualquer terminal. Neste modelo, todos os dados ficam restritos a um único equipamento e mesmo quando existe o compartilhamento por rede, é dependente de licença de um determinado software ou sistema operacional para cada computador que está acessando os dados.

 

Com essa tecnologia da nuvem, os dados, aplicativos e outros arquivos não precisam mais estar instalados ou armazenados no computador do usuário ou em um servidor próximo. Todo este conteúdo passa a ficar disponível nas nuvens, isto é, na internet. A melhor definição para nuvem é: praticidade e segurança por um baixo custo para sua empresa.

 

Uma pesquisa feita pela Hardvard Business Review, mostrou que 54% dos representantes de grandes empresas disseram que “a tecnologia da nuvem realmente transformou os seus negócios.”

 

Outra pesquisa feita com 200 executivos de TI e negócios nos EUA, aponta que a redução de custos é uma motivação crucial para a adoção da nuvem, enquanto 67% acreditam que pelo menos metade dos recursos de TI estarão hospedados em cloud computing até 2018.

 

Entre os fatores citados pelos executivos como as principais motivações da migração para a nuvem estão:

63%

Reduzir os custos/transformar as despesas de capital em despesas operacionais

62%

Disponibilizar a capacidade computacional sob demanda

51%

Liberar a equipe de TI para realizar tarefas que agreguem mais valor ao negócio

33%

Fazer com que a TI seja vista como uma fonte de vantagem competitiva e não como um centro de custos

Conheça a estrutura do Google neste vídeo em 360°

Vantagens da computação em nuvem para empresas:

  • Redução de custo;
  • Capacidade de se estruturar e começar as operações das aplicações rapidamente;
  • Velocidade e segurança: 58% das empresas estão mais satisfeitas em relação a velocidade e segurança na entrega das informações do que empresas que não utilizam computação em nuvem;
  • Mobilidade, o usuário pode acessar as aplicações de qualquer lugar, independente de sistema operacional ou equipamento utilizado;
  • Facilita o trabalho colaborativo e o compartilhamento de informações pois todos acessam as aplicações e os dados do mesmo lugar;
  • As atualizações de softwares como ERP´s por exemplo, são feitas automaticamente;
  • A empresa não precisa se preocupar com a estrutura necessária para executar as aplicações, como procedimentos de backup, controle de segurança, manutenção de servidores e softwares;
  • A empresa pode contar com alta disponibilidade, pois se um servidor parar de funcionar, os demais que fazem parte da estrutura continuam a oferecer o serviço;
  • Agilidade e flexibilidade. É possível aumentar ou diminuir a capacidade de processamento em minutos, sem ter que fazer pesados investimentos em hardware e sistemas, que ficam obsoletos rapidamente.

A nuvem hoje é um serviço que pode ser prestado basicamente de 3 formas: SaaS (Software as a Service), PaaS (Platform as a Service) e IaaS (Infrastructure as a Service). Ou seja, podemos alugar os serviços de plataforma, softwares e infraestrutura. Na prática isso permite por exemplo simplesmente alugar um determinado banco de dados, sem a necessidade de aquisição de licenças, computadores, técnicos especializados e etc. Pode-se ainda dobrar ou triplicar a capacidade de processamento de um ambiente em questão de minutos. Tudo isso pode ser feito com um fornecedor só, de forma prática e automatizada.

SaaS IaaS PaaS TI tradicional

Comparativo de estrutura de gerenciamento de serviços.

Do outro lado, as empresas que disponibilizam seus sistemas para que funcionem na nuvem também estão se beneficiando e entregando benefícios a seus clientes por conta da computação em nuvem.

 

Os sistemas que foram desenvolvidos para funcionar neste ambiente permitem que aprimoramentos sejam feitos constantemente, não mais limitado a versões demoradas a serem entregues e suscetíveis a erros. Isso permite que melhorias sejam aplicadas com muito mais frequência, aprimorando de forma extremamente ágil os sistemas e aplicativos. Permite também que novas demandas de usuários possam ser entregues rapidamente e em partes. Por isso desenvolvedoras de softwares de todo o mundo estão criando novas soluções para estes ambientes, as ofertas destes produtos devem ter forte crescimento.

 

A computação em nuvem, dizem os especialistas, será mais dominante do que a própria área física de trabalho na próxima década.

Fonte: Dualtec

Deixe uma resposta