Diferenciais do Systêxtil ERP: Cadastro de produto e ficha técnica

Conheça uma das especialidades do sistema no atendimento às empresas têxteis.


POR Comunicação Systêxtil, - 24/07/2020

Uma das vantagens de um bom sistema de gestão é a integração de todos os processos da empresa, sem a necessidade do velho caderninho de anotação.

Quando se implanta um ERP é necessário fazer algumas parametrizações, entre elas, o cadastramento de produtos. Ter os produtos cadastrados ajuda a melhorar os processos logísticos, assegurando um controle mais preciso sobre a entrada e saída de mercadorias, bem como de estoque.

Para uma empresa que tem uma grande variedade de produtos em seu portfólio, o cadastramento pode parecer trabalhoso. Mas, na verdade, o sistema contém recursos que agilizam esse cadastramento e oferecem um controle mais eficiente do setor.

Primeiro, o cadastro dos produtos

No Systêxtil, o cadastramento de produtos é feito em três etapas. Primeiro, cadastra-se o grupo dos produtos ou referência, definindo unidade de medida e linha do produto, bem como coleção, artigo de cotas e outras informações comerciais que servirão de base para relatórios.

Na segunda etapa, é o momento de cadastrar os tamanhos, podendo adicionar também imagens para cada dimensão da peça. Na terceira etapa, cadastra-se as cores.


E chegamos na alma do Systêxtil, a FICHA TÉCNICA!

Depois do cadastro de produto, há uma outra etapa muito importante que difere o Systêxtil dos demais sistemas e também no qual o software é especialista: o cadastro de ficha técnica dos produtos. Esse processo é como uma receita de bolo: temos a estrutura, que são os ingredientes, e o roteiro do produto, que é o “modo de fazer”.

Por exemplo, na estrutura, colocamos o que será utilizado para produzir o item e quantidade desses materiais. Já no roteiro, indicamos qual parte do processo vamos utilizar esses materiais.

Vamos supor que estamos elaborando uma camiseta. Vamos precisar de 100g de tecidos (estrutura) e indicamos que esse tecido será utilizado no corte (roteiro). Incluímos linha para ser utilizado na costura e uma etiqueta refletiva, por exemplo, para a fase de acabamento desta camiseta.

Todos esses parâmetros na estrutura do produto vão fazer com que o sistema calcule o que será preciso em cada etapa, apontando o custo do produto final, a necessidade de compra de material e já descontado todos os itens do estoque.

Um cadastro de produtos eficiente no seu ERP merece o máximo de atenção possível. São esses processos que vão garantir uma produção assertiva e controle do estoque, consequentemente reduzindo custos e desperdícios e levando o melhor resultado para a sua fábrica têxtil.


Últimas do blog Systêxtil: 

Qual o futuro da moda pós-pandemia? Será o fim do "fast fashion"?

Dashboards customizáveis por usuário com a tecnologia do Systêxtil ERP

Homewear: conheça a tendência que veio para ficar... em casa!


Voltar para o Blog 

Inscreva-se para receber novidades